ESTILO DE VIDA

Pesca esportiva une aventura, lazer e paixão pela modalidade

ESTILO DE VIDA

A pesca esportiva é uma excelente alternativa para unir aventura, lazer e paixão em uma só modalidade. É o caso do empresário Victor Augusto Alves Neto que teve os primeiros contatos com a pesca convencional aos 8 anos. Na época, a opção disponível era a pesca “de barranco”, com poucos recursos, vara de mão, mas não menos emocionante. O gosto pelo esporte acompanhou Victor que passou a  investir em equipamentos e a procurar lugares diferenciados para a prática. O que teve início como atividade de lazer acabou se tornando um hobbye. O principal foco é  a “caça ao Tucunaré”, um dos peixes mais cobiçados das águas doces. Na aventura, Victor utiliza lancha e guia especializado, chegando a ficar horas esperando pelos cardumes. “Rodamos até 6 horas em busca dele, por isso dizemos que é uma caça”, comentou. No entanto, a pesca do Tucunaré é cercada de exigências: fêmeas não podem ser fisgadas e nem filhotes de até 35 centímetros. Já os machos podem ser pescados com tamanho em torno de 59 centímetros, porém sem excessos. “O legal é pescar e se divertir, encontrar o maior e depois soltar, assim teremos pesca sempre”, observou. Segundo Victor, o ideal é não machucar o peixe e procurar “não judiar para trazer ao barco, pois cada tem seu tempo. Estamos ali para divertir, relaxar e  não competir”. Victor considera que a pesca esportiva é indicada para todos, mesmo quem não tem familiaridade com a modalidade. Para ele, é um momento familiar, de encontro com amigos e para apreciar a natureza. Boa parte de suas aventuras acontecem no rio de Furnas, em Minas Gerais. Pelo trajeto é possível contemplar lugares especiais, ter contato com ar puro e mergulhar.  Sobre investimentos, depende do tamanho da paixão e os equipamentos podem ser encontrados para todos os gostos e bolsos. Mas, nem tudo são rosas na caça ao Tucunaré. Victor conta que passou apuro em um dia de tempestade e lembra que  “quem gosta de pescaria deve estar ciente dos riscos”. “Tem que estar preparado para tudo e ter gosto pela adrenalina”, finalizou.

 

EDIÇÕES ANTERIORES

O seu navegador não é recomendado para uma boa navegação neste site.
Para uma melhor visualização do site atualize-o ou escolha outro navegador.
Saiba mais...
Google ChromeMozilla FirefoxOpera